mergulho

óleo s/tela . 65 x 65 cm . 2016

"... encontramos estas figuras em suspenso. Representadas em posições habitualmente transitórias e com gestos exagerados, parecem o registo de uma performance à qual só temos acesso através de um instante. Por outro lado, contrariamente à ilusão proposta, a consciência da natureza própria do meio encontra-se sempre presente. A zonas altamente detalhadas sucedem-se outras onde está visível apenas a estrutura do desenho, como se a própria pintura tivesse sido abandonada, mantida ela própria em suspenso.

            A obra de Assunção Melo parece assim hesitar entre pólos opostos, alternando entre o rigor e a espontaneidade na execução, a ficção e o que a artista denomina como um “nível de verdade” da pintura. No fundo como o próprio mergulho que lhe serve de tema, é na fronteira entre dois meios diferentes que ele acontece."

Excerto do texto de João Sousa Pinto para a exposição 'Outras Figuras' na Casa Museu Abel Salazar em 2016

figura sentada

óleo s/tela . 2016